A CIRCULAÇÃO DO SANGUE

 

Foram necessários cerca de 2000 anos de investigação médica para que se revelassem os segredos do sistema circulatório. Aristóteles começou a busca, partindo da hipótese de que o fígado era a fonte do sangue.

Só no século XVI os médicos começaram a juntar dados sobre as artérias, as veias e o coração para propor teorias novas e contestar a doutrina oficial. Ignorando a ameaça de ostracismo, o médico britânico William Harvey passou vinte anos pesquisando o sistema circulatório e escrevendo o Estudo Anatômico do Movimento do Coração e do Sangue em Animais, publicado em 1628. Pela primeira vez mostrou-se que o coração comanda a circulação. Suas conclusões foram recebidas com desdém. Sua descrição de como o sangue flui do coração para as artérias e volta pelas veias ainda válida quase 400 anos depois continua sendo uma das descobertas médicas fundamentais do milênio, um legado de observação, descrição precisa e prova matemática.